terça-feira, 27 de agosto de 2019

Sanditon - os personagens da minisérie

olá!
a tão falada minisérie estreiou!

E olha, nem sei o que dizer, 
ainda estou pensando sobre tudo que assisti!

depois de resumir SANDITON listando os personagens com cuidado para usar as (poucas) palavras de Austen, confesso que mesmo esperando a versão do ótimo roteirista Andrew Davies, fiquei bem surpresa com o que ele preparou. 

Achei na revista Hello! online uma prévia dos personagens que nos dá uns pitacos do que virá por aí - e me fez tecer umas teorias maléficas! Buahaha
Mas vou ficar só no que a revista contou, comparando com Austen.
S'imbora!
eu poderia resistir, mas não consigo! Essa cena...
Ah!... Au mer, allons y!


Leia no original aqui. 'The ultimate Sanditon character guide - from Charlotte Heywood to Sidney Parker' ou sigamos na seleção com comentários. Achei legal porque todos são comparados com personagens de outras obras, então deve ter sido assim que o roteirista fez, uma salada... Disso a gente entende, né non?


Charlotte Heywood


Um cruzamento entre a imaginativa Catherine de Abadia de Northanger e a obstinada Lizzie da Orgulho e Preconceito. Espere que ela seja adorável, sempre a procura de uma risada (ou, como Lizzy é descrita em O&P, "deliciando-se com qualquer coisa ridícula"), mas tem coração de ouro também. Charlotte é uma garota do interior, empolgada e deslumbrada com tudo que Sanditon tem a oferecer. Ela é enérgica e por sua criação simplória, não sofre com as restritas expectativas da sociedade - incluindo as obsessões com dinheiro e casamento - o que faz dela um sopro de ar fresco. Embora originalmente seja uma incógnita, essa adaptação destaca as opiniões e a maneira direta de Charlotte. Ela é uma heroína moderna, pronta para abraçar o novo século.
>> Bem, Austen deixa claro que Charlotte é simples, concordo com a comparação com Catherine Morland. Talvez não fosse tão ingênua. Eu diria Catherine + Fanny Price.


Sidney Parker


Sua indiferença e arrogância são de Mr. Darcy de O&P, mas ele é propenso a brincadeiras e provocações como Henry Tilney, da Abadia de Northanger. Prepare-se para desmaiar de amor. Apesar de apenas um breve encontro entre os dois no original de Jane Austen, Sidney foi criado como o par romântico de Charlotte, tendo sido descrito como "muito bonito". Ele é a ovelha negra de sua família, inquieto, imprevisível e de volta a Sanditon com relutância. Sua história de fundo agora inclui um amor perdido e uma riqueza independente do comércio de açúcar. Sidney fica irritado com a tendência de Charlotte de dizer o que pensa, mas é isso que o atrai, no entanto.
>> Sidney não tem falas no cânon, e pelo que se conta, ele não tem nada de Darcy, Brandon, Wentworth ou Knightley. Nadica de nada dos heróis sérios de Austen. Ele é descrito como animado, brincalhão, debochado. Tilney, sim, com certeza. Bingley, talvez. Achei que exageraram nele no primeiro episódio. Lindo, mas virado no Jiraya. Precisava disso, não, fofy. credo!
essa barba por fazer? Pode isso, produção?...

Lady Denham


Lembra a dominadora Lady Catherine de Bourgh de Orgulho e Preconceito, também Mrs. Norris, de Mansfield Park, com sua maldade e apreço pelo dinheiro. Lady Denham é a Grande-Dama de Sanditon. Com dois maridos falecidos, ela conseguiu adquirir título e fortuna. Com vários jovens parentes desejosos de garantir seu favor, ela está cercada de bajulações. Bem desenhada no romance de Jane Austen, Lady Denham é dura-na-queda, antiquada e direta - o que irrita muitos.
>> Concordo, mas ela tem um tanto de fofoqueira. E ainda acho que tem um cheiro de mistério, assassinato, Agatha Christie.


Tom Parker e Mary Parker

A bondade inata de Tom é como a de Bingley, de O&P, enquanto Mary foi transformada de uma Mrs. Allen de Abadia de Northanger para uma carinhosa Lady Russell da Persuasão. Tom Parker é o chefe da família Parker e a força motriz do desenvolvimento do balneário Sanditon. Endinheirado, Tom é propenso a assumir riscos. A paciente esposa Mary apóia o esquema do marido. Ela foi desenvolvida do romance para a âncora da família, em vez de um acessório inútil.
>> Acho que ele tem bastante do cunhado de Lady Susan, Mr. Vernon. De Bingley, não sei. Acho que fizeram a comparação pelo entusiamo. Quanto à esposa, no cânon não há nada que indique que ela seria inútil...


Jovem Stringer


Semelhante a: Sr. Knightley, de Emma, sempre cheio com boas intenções. O capataz de Tom Parker é ambicioso, talentoso e interessado em progredir. Ele é levado pelo comportamento franco de Charlotte e também causa uma impressão nela, apesar dos limites de classe. Isso cria um triângulo amoroso complicado entre ele, Charlotte e Sidney Parker.
>> O cânon só menciona que o ele e o pai têm uma venda de hortifruti... Então, vamos esperar.


Diana Parker e Arthur Parker


Arthur é semelhante em apetite a Sir Walter Elliott, de Persuasão, e Diana é uma jovem Mrs. Bennet. Os irmãos Parker, Diana e Arthur são uma interessante dupla. Vivendo juntos, eles afirmam ser inválidos - embora nenhum deles apresente muitos sintomas. Arthur é fã de comida e bebida. Diana hipocondríaca se preocupa com o irmão, enquanto se ocupa das últimas fofocas de Sanditon.
>> Cortaram Susan, a irmã mais doentinha que faz sangrias, aplicação de sanguessugas e extração de dentes. Vixe! Acho que eles têm muito de Mr Woodhouse de Emma, querido pappa da mimadinha rica. São futriqueiros e bem-humorados, ao que parece, bem-intencionados também. Achei curioso comparar  Diana com Mrs. Bennet... Huh! E discordo de Sir Elliott. O comparativo dele está no baronete mesmo...


Sir Edward Denham e Esther Denham


Henry Crawford de Mansfield Park e Isabella Thorpe da Abadia de Northanger, com os olhos nos respectivos prêmios. E misture com John e Fanny Dashwood de Razão e Sensibilidade, em termos de avareza. Sir Edward e Esther Denham são meio-irmãos bem próximos, muito intencionados em conquistar a fortuna de Lady Denham. Edward é bonito, mal-humorado e decido a arruinar qualquer um que estiver no caminho. A franqueza de Esther parece cáustica e bate de frente com a de Lady Denham - embora atraia a atenção de Lorde Babington.
>> Bem... Não quero dar spoilers do primeiro episódio que foi, bem, assim, sei-lá, uau; mas esses dois parecem que serão ótimos nas maldades! Ele tem muito do pai de Anne Elliott de Persuasão - nobre e falido, e de Frank Churchill de Emma - escroque de quinta, e de Wickham - podrão. A cena dele com Clara poderia ter sido diferente, éca! 
A irmã Esther, êta! Nem sei! Furacão... Nem vou falar mais pq sou a rainha dos spoilers.


Clara Brereton


Fanny Price do Mansfield Park em status, mas Lucy Steele de R&S por natureza, como quem está planejando algo. Clara é outra manipuladora master. À primeira vista submissa e doce, ela é uma péssima parenta de Lady Denham. Tendo lutado até agora, ela está determinada a garantir a fortuna. Ela está pronta para vencer Sir Edward e Esther nos afetos de Lady Denham, por qualquer meio necessário.
>> No cânon, ela é mais apagada que Jane Bennet, é tipo uma Mary até que Sir Edward aparece com sua canalhice e aí ficamos sabendo que ela dá corda para vera té onde ele vai. É falsiane também... Seria uma lutadora com Charlotte Lucas de O&P? Ou esconde o jogo como Harriet de Emma? Enfim, no primeiro episódio, com ele, Sir Edward, ela protagoniza uma cena que achei de mau-gosto. Ainda tô tentando entender o para quê daquilo.


Miss Lambe


Louisa Musgrove de Persuasão, a garota loka de alto astral que se joga na vida. Georgiana Lambe é uma herdeira das Índias Ocidentais e a primeira personagem negra de Jane Austen. Distanciando-se do cânon que a descreve como silenciosa e delicada, Miss Lambe está pronta para falar e causar problemas. Ela também é a tutelada de Sidney, que a trouxe a Sanditon sob o olhar atento de uma governanta. Ela forma uma rápida amizade com Charlotte.
>> No cânon, ela é mestiça o que sugere pele bem mais clara - o que não parece fazer diferença porque o povo fica loko mesmo é com a grana dela... E ela vai para Sanditon com o Seminário onde estuda boas-maneiras. Eu achei curioso que Sidney resistia aos convites do irmão aparece de repente logo depois que as moçoilas desse tal seminário chegam no balneário. Na minissérie, tanto ele quanto ela, Lambe, têm passado nebuloso e estão ligados... Mmm... pensei logo numas teorias maquiavélicas. No primeiro episódio, é dito que ela tem 100mil - uau! Lembra que o mais rico até então era Mr Darcy com 10mil por ano? Seria o valor dele em uma década! Para uma mulher?! E não vou dar mais spoilers. Porque sei me controlar.
Mas, tem gente apostando que ela será um tipo de Jane Fairfax de Emma, aquela que parece boba, mas que muda a história toda... Ai, que curiosidade!


hello!

Essa maquete é tão magnífica!
E só nos resta esperar o desenrolar da trama!

enquanto isso, tem meu livro novo

vários sonhos de Orgulho e Preconceito, e o mesmo amor!
até,



Nenhum comentário:

Postar um comentário