quinta-feira, 8 de outubro de 2020

Uma real Florence da era Vitoriana

Olá,

em minhas andanças pelo YouTube, dei de cara com uma joia! Uma entrevista de uma mulher Vitoriana da vida real! Que graça!

liveleak

Mrs. Florence Pannel tinha já 108 anos quando deu essa entrevista ao programa 'Money-go-round' (que era sobre consumo e proteção ao consumidor). Achei uma fofura, assisti duas vezes, e daí, já sabe, fui pesquisar...

Primeiro vamos a Florence.

Florence Pannell 

e sua perspectiva da vida feminina no século XIX


Florence Pannell nasceu em Kensington, Inglaterra, em 26 de dezembro de 1868. Quando adulta, ela abriu uma empresa de cuidados de beleza e trabalhou por muitos anos em Paris e Londres.

Em maio de 1971, aos 102 anos, Pannell foi relatada como o eleitora mais velha de Kensington e Chelsea daquele ano. Em 1977, aos 108 anos, Pannell foi entrevistada por Joan Shenton para o programa Money-Go-Round, no qual disse que a maior mudança que ela viu foi... "tudo".

Pannell morreu em 20 de outubro de 1980 com a idade de 111 anos e 299 dias.

Eis a entrevista traduzida: Achei essa tradução no Tudor Brasil do Facebook.

Entrevistadora: Agora vamos conhecer alguém que pode trazer um pouquinho de história para nós. Seu nome é Sra. Florence Pannell, e ela tem 108 anos de idade. Ao contrário da maioria das mulheres de sua época, Pannell conseguiu montar seu próprio negócio de produtos de beleza. Ela trabalhou por muitos anos em Paris e em Londres e sabe muito sobre moda. Florence, diga-me, era comum uma dama mostrar seu tornozelo?

Florence: Em Paris nada importava, mas eu estou falando de anos antes disso [antes dela viver em Paris] … Anos… Quando, creio eu, eu tinha cerca de 10 anos de idade.

E: Sim…

F: Havia uma charge na (revista) Punch, sobre um ônibus antiquado, com assentos paralelos e todos ocupados por homens, eles estavam assim [Florence gesticula como alguém que olha com curiosidade e certo espanto]

wikiwand

E: Sim…? [Sorrindo] O que eles estavam olhando?

F: Havia uma mulher atravessando a rua e segurando seu vestido, mostrando o tornozelo aqui [Florence se abaixa e mostra com o dedo, uma medida de mais ou menos um palmo acima de seu próprio tornozelo].

E: [Emite um ruído que, em inglês, conota desaprovação]. Florence?

F: Sim?

E: Me conte um pouco sobre como conseguiu dar início ao seu próprio negócio de beleza?

F: Naqueles dias nenhuma mulher trabalhava. [Ela] Poderia ser apenas uma acompanhante, professora ou uma enfermeira do hospital. Mas nada privado.

E: Então foi difícil?

F: Oh… Para as mulheres, incrivelmente difícil! Eu posso lhe contar uma história a respeito, que também estava, creio eu, na Punch… hmmm… Havia uma mulher madura sentada; uma pequenina e desajeitada menina, com cerca de quatro anos, estava sentada no chão, e um horrível homem estava desse lado da poltrona. 

‘Mãe, quando eu crescer, preciso me casar?’

‘Sim, querida’’. 

‘Eu terei que me casar com um homem como o papai?’

‘Sim, querida’’.

‘E se eu não me casar com ele, eu serei uma velha solteira como a tia Eliza?’

‘Sim, querida’

… Silêncio … 

‘Diga mãe, é um mundo difícil para nós mulheres, não!?’

cartoonstock
E: - suspiros - Você já esteve em um avião?

F: Nunca. 

E: Você gostaria?

F: Eu poderia agora, mas não o fiz quando eles apareceram. Eu nunca… Eu nunca fantasiei sobre isso. Mas eu, eu iria agora, porque sou mais aventureira! (risadas)

E: Eu acho que você foi muito aventureira em sua vida. Qual a maior mudança que você viu? 

F: A maior mudança? TUDO! Nada é o mesmo. Tudo está mudado!


Eu faria um milhão de perguntas diferentes, gostaria de saber do negócio dela (era loja, era fabricação de produtos de beleza, era salão de esteticista). Procurei bastante, não achei nenhum detalhe do negócio dela. Sei que Helena Rubinstein, nascida em 1872) começou sua marca em 1905 em NY, e Elizabeth Arden (nascida em 1881) em 1910, também NY. 

A entrevistadora fraca é um consenso, btw.

Open culture lista os eventos que Florence viu e viveu:

-Os cinco monarcas que sucederam a Rainha Vitória: Eduardo VII, Jorge V, Eduardo VIII, Jorge VI e Elizabeth II 

-Jack, o Estripador, aterrorizando Londres

-O naufrágio do Titanic

-Ambas as guerras mundiais

-A grande Depressão

-O telefone

-Televisão

-O movimento hippie

-O pouso na lua

-Guerra das Estrelas (Star Wars)

isso me fez pensar no que eu vi e vivi até agora...

-fax

-telefone celular

-ebooks

-autopublicação

-tv a cabo

-internet

-youTube

-computadores, smartfones, etc

-videogame

-carro a álcool

-carro elétrico

-pandemia... ah, para!

Tenho uma personagem FLORENCE, o livro leva o nome dela logo no título 'O CLUBE DE FLORENCE' que fala de mulheres que precisam encontrar força no fundo do poço que a sociedade as jogou - sejam ricas, criadas, lésbicas, grávidas, traídas. Claro, e como um amor inesperado ajuda nessa trajetória difícil.



O que achei lindinho foi ouvir a pessoa da era vitoriana falar, contar. Claro, bem velhinha, o raciocínio nem sempre rápido, mas muito legal.

Continuo aqui nas pesquisas, nos escritos, nas tramoias e nos lançamentos vindo por aí!

Fica ligado!!!

bj, M,


outras pesquisas históricas, aqui






Nenhum comentário:

Postar um comentário