sábado, 6 de abril de 2019

Vestido ideal

Olá,
Trago mais um NANOCONTO, algo fashionista que sempre adorei quando achava em minhas pesquisas... 
Vestido ideal
pinterest

     Olhos no espelho, consternação no rosto, Philipa considerava suas opções. Era véspera do baile, ela não teria mais chance de achar alternativa a tempo. Acaso houvesse sido convidada para qualquer ocasião em qualquer época, ela poderia simplesmente faltar, mas era festa de ano novo de virada de século na mansão de Lord Robin, ela sequer sabia o que os esperava em 1º de janeiro de 1900! E se o mundo acabasse à meia noite de 31 de dezembro de 1899? Ela nunca mais teria a chance de dançar e sorrir e encantar o nobre homem tão absolutamente garboso... Robin era tão viajado, conhecia o mundo, outros continentes, outras damas; gostaria ele de vê-la em tons de vermelho tão quente? E tão adornada? Philipa torceu os lábios, arfou, piscou devagar. A modista era a melhor da cidade, ninguém mais seria capaz de dar-lhe a vantagem do reconhecimento pela elegância, então... Certo! Balançou a cabeça. Ficaria com o revolucionário vestido feito sob medida para ela. Ajustou o decote puxando para cima, empurrou as antenas para longe do rosto. ‘Tem algo me pinicando aqui na cintura.’ Reclamou.

wmoda
*FIM*

Philipa com certeza foi a sensação do baile, huh?

O VESTIDO DE LAGOSTA tem história longa e bacana! WModa fala da 'alta costura de crustáceos' com início na década de 1870 quando a revista humorística Punch (ou The London Charivari, de 1840 a 1990) publicou uma série de cartoons ironizando os excessos da moda feminina do cartunista Lionel Sambourne. Designs from Nature (modelos da natureza) tinha trajes tão absurdos quanto o vestido em forma de lagosta. 
punch archives
Vestido com rabo de pavão, chapéu de polvo , etc... 
No final do século, as enormes anáguas de crinolina evoluíam para algo mais simples alterando a silheta feminina. Lobster bustle, meia anágua com traseiro avantajado que permitia caminhar com mais liberdade, movimentos mais naturais. E as lagostas estavam na boca do povo, foi sucesso imediato.
pinterest

Anos depois, em 1937, a estilista Elsa Schiaparelli desenhou um vestido de seda branco em parceria com ninguém menos que Salvador Dali e para completar o bapho, a peça foi usada por Wallis Simpson dias antes de se casar com Eduardo VIII, rei que abdicou do trono da Inglaterra para casar com a americana divorciada. 
Dali pintou a lagosta na saia do vestido semi-transparente que pesava quase nada, leve como uma pluma. Imagine o fusuê!
pinterest
Por trás de todo parágrafo, existe uma pesquisa! E depois acham que escrever romances é molezinha!...

outros NANOCONTOS estão aqui

bj

pesquisei aqui, aqui, aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário