Moira Bianchi: The Crown - o melhor diálogo das 4 temporadas

terça-feira, 1 de dezembro de 2020

The Crown - o melhor diálogo das 4 temporadas

 olá!

Nós aqui de casa finalmente conseguimos assistir os últimos episódios da temporada 4 de The Crown, a mais esperada até agora porque traz Diana - segredo para ninguém que Diana é a royal favorita de todo mundo. É a minha.

E online


Confesso que odiei a temporada 3, descaradamente passando pano para o príncipe Charles, figura real (de rei e de realidade) antipática e fraca, um sujeito encostão. A presença física dele nos faz pensar no posto de príncipe herdeiro, o quão incapacitante é ficar esperando alguém morrer para assumir o que você nasceu para fazer. Dizem que ele assume muito poder hoje em dia, torço para ser verdade, coitado. É um tanto ridículo para mim ver o homem de terceira idade ainda esperando a mamma sair de cena para ele reinar. Puxa, que vida perdida!

É um contraste absurdo com a figura que idolatramos nos romances históricos, o herdeiro rico e viril, que não recua e toma decisões difíceis e corajosas, um go getter. Esse príncipe de Wales é completamente oposto a isso.

daily mail


Pois bem, o bebê chorão tem 35+ no final dessa temporada, ainda faz mimimi pela namorada que perdeu ou foi perdida para ele, por quem ele não lutou - o seriado mostra dessa forma - e se deixou levar pelas vontades dos mais velhos e mais sábios da família. Ainda assim, ele é amante da tal mulher (Camilla, esposa dele hoje em dia) sem culpa ou vergonha, planeja fazer dela sua rainha à base de muito mimimi e chororô. Desculpe, acho a figura muito sem virilidade; se fosse mulher eu classificaria como maria mijona.

tatler


E depois de tudo, no final da temporada (episódio 10) apareceu um diálogo maravilhoso, adoraria saber se é real, mas nem fui procurar com medo de descobrir que é só ficção.

Estão em Balmoral para o Natal, a propriedade preferida da rainha, o grupo volta de uma caça - menos Charles e Diana que apesar de terem chegado separados, não se juntaram à família nos campos.

radio times


Em Português, (tradução minha)

CENA 1 - HALL

[DIANA] Aí está você, Mamãe.

Bem, tenho certeza de que ninguém lhe contou, mas fiz um pedido oficial através do meu escritório para que encontrássemos um momento para conversarmos, em particular.

[RAINHA] Espero que você não queira que seja aqui.

[D] Não, aqui não.

[R] Ou agora. Os cães precisam de alimentação.

[D] Os cachorros.

[R] Sim, os cães.

[D] Teremos que encontrar outra hora.

[cachorros choramingando]

CENA 2 - GABINETE

[R] O que você está fazendo aqui?

[CHARLES] Espero que você não se importe.

Achei que poderíamos encontrar um momento a sós.

[R] Honestamente, vocês dois!

[C] Nós dois?

[R] Você e sua esposa me emboscando em todos os lugares que vou com olhares ansiosos, querendo conversar.

[C] Eu quero conversar, mamãe.

Nós precisamos conversar.

[R] Ótimo. Vamos conversar.

Posso solicitar que o façamos como conselheiros da coroa? De pé para ter certeza que será breve.

[C] É sobre o casamento.

[R] Tive uma péssima ideia de que iríamos nessa direção.

[C] Fiz o tudo que pude.

Meu melhor, e estou sofrendo!

[R] Não, você não está sofrendo. Nós estamos sofrendo por ter que aturar isso!

[C solta um grunhido]

[R] Deixe-me esclarecer uma coisa.

Quando as pessoas olham para você e para Diana, vêem dois jovens privilegiados que, por sorte, têm tudo o que se poderia sonhar na vida. Ninguém, nem uma única pessoa, nenhuma alma vivente em qualquer lugar, vê causa para sofrimento.

[C] Eles o fariam se soubessem.

[R] Soubessem do quê?

Eles sabem que você trai sua esposa e não faz nenhuma tentativa de esconder isso. Eles sabem que graças a você, ela tem problemas psicológicos e come ou não come ou o que quer que seja que ela faz ou não faz. Eles sabem que você é um homem mimado e imaturo, que reclama sem parar e sem necessidade, casado com uma mulher mimada e imatura, que reclama sem parar e sem necessidade.

E todos nós estamos profundamente fartos disso.

Tudo o que qualquer um quer é que vocês dois se recomponham, parem de passar vergonha em público e façam este casamento e suas posições extremamente privilegiadas na vida funcionarem.

[C] E se eu quiser a separação?

[R] Você não vai se separar, nem se divorciar, nem ser uma decepção de forma alguma.

E se um dia você espera ser rei ...

[C] Espero.

[R] Então, sugiro que você comece a se comportar como tal.

[FIM]

refinery 29 


No original...

SCENE 1- HALL

[Diana] There you are. 

Mama.

Well, I'm sure no one told you, but I made a request through my office for us to find a moment to speak together, in private.

[Queen]I hope you're not wanting to talk here.

[D] No, not here.

[Q] Or now. The dogs need feeding.

[D] The dogs.

[Q] Yes, the dogs.

[D] We'll have to find another time.

[dogs whimpering]

SCENE 2 - DEN

[Q] What are you doing here?

[CHARLES] I hope you don't mind.

I thought we might find a moment alone.

[Q] Honestly, both of you!

[C] Both of us?

[Q] You and your wife ambushing me everywhere I go with anxious looks, wanting to talk.

[C] I do want to talk, Mummy.

We need to talk.

[Q] Fine. Let's talk.

Might I request we do it like privy counsellors? On our feet to keep it brief.

[C] It's the marriage.

[Q] I had a horrible idea we were going in this direction.

[C] I have done my best. 

My very best, and I am suffering!

[Q] No, you are not suffering. We're suffering having to put up with this!

[C grunts]

[Q] Let me make something clear.

When people look at you and Diana, they see two privileged young people who, through good fortune, ended up with everything one could dream of in life. No one, not a single breathing, living soul anywhere, sees cause for suffering.

[C] They would if they knew.

[Q] Knew what?

They know that you betray your wife and make no attempt to hide it. They know that thanks to you, she has psychological problems and eats or doesn't eat or whatever it is she does or doesn't do. They know you're a spoiled, immature man, endlessly complaining unnecessarily, married to a spoiled, immature woman, endlessly complaining unnecessarily. 

And we are all heartily sick of it.

All anyone wants is for the pair of you to pull yourselves together, stop making spectacles of yourselves, and make this marriage and your enormously privileged positions in life work.

[C] And if I want to separate?

[Q] You will not separate or divorce or let the side down in any way.

And if one day you expect to be king...

[C] I do.

[Q] Then might I suggest you start to behave like one.

[END]


Bom, né? Curta e grossa, adoro!

Piada pronta! Se tem um príncipe sapo, é esse. pic de hello magazine 

Agora é esperar a temporada 5 com os divórcios de todos e a morte de Diana... 

we heart it

Queria que a ficção reescrevesse a vida.

Até, mais.


PS.: achei o scipt aqui.


Nenhum comentário:

Postar um comentário