sexta-feira, 8 de março de 2019

Feliz dia da Mulher Literária

Olá,
depois de dias fora do ar curtindo o carnaval, volto junto no dia da mulher com uma lista muito curiosa: uma contabilidade de assuntos dos livros publicados em 1905.
Como sabem, estou enfiada na era Vitoriana Inglesa, esse artigo muito interessante já seria do reinado de seu filho Edward - portanto era Eduardiana - mas é do Chicago Tribune, então digamos que, por 4 anos e 1 continente de diferença, ainda estou no tema. Licença poética, posso?
Veja só que muito interessante e porque hoje é ainda mais legal de achar isso no Twitter (undine e newspapers)
fonte:twitter

Tradução 
(livre, minha)
Um resumo de literatura
'Senhor', disse o homem com nariz pontudo e lápis rombudo que se aproximou da mesa do editor de literatura da revista. 'Compilei algumas estatísticas sobre os romances deste outono que não pode deixar de ser interessante.'
'Pegamos nossa lista dos 6 mais vendidos de livrarias e outros meios.' Explicou o editor sem levantar os olhos.
'Mas isso é diferente. Veja, por favor, que eu fiz uma análise cuidadosa e completa da vida, incidentes e mortes de cada romance, e combinei todos os dados em um relatório.'
O visitante mostrou a folha para o editor e indicou a tabela a seguir:
número de livros publicados.........................3.458
número total de esposas negligenciadas*.....1.643
número total de maridos desprezados.............258
esposas enganadas........................................1.001
maridos 'cegos'................................................569
suicídios...........................................................10
assassinatos.....................................................196
pedidos de casamento..................................6.766
pedidos de casamento renovados.................9.543
casamentos no último capítulo.....................5.222
casamentos escondidos...................................855
heróis expulsos.............................................1.337
heroínas que dizem 'Deixe-me, já!'...............2.477
heróis que dizem 'Nunca enquanto esse coração bater no meu peito.'.........1.744
vilões que tiveram o que mereceram...........3.455
sub-vilões que tiveram o mesmo fim...........3.456
mortes.............................................................627
fortunas perdidas (total)............................. USD$ 8,798,543,222,116.99
heranças inesperadas.................................USD$ 2,664,538,942,001.75
pirados..........................................................2.256
outros personagens engraçados....................1.200
'B'goshes' surpresa.............................104.288.362
'Gadzooks' perplexidade...............................8.941
crianças espertas que reunem os pais................75
roubos a banco.................................................555
outros crimes..................................................7933
atos nobres...................................................15.164 

*unappreciated poderia ser 'mal amada', mas me segurei e optei por negligenciada

O que eu vi de tão bacana nessa lista? Conto:
1- Romances são a reinvenção da roda, aparentemente.
Se o narigudo chegou a identificar dados similares/iguais para compilar é porque lhe pareceu mais do mesmo. Na hora me lembrei da primeira resenha de Razão e Sensibilidade, lá em fevereiro de 1812 : 'Os amantes de romances podem ter apenas uma idéia da dificuldade que nós, revisores, temos avaliar a linguagem com a qual devemos dar nosso julgamento sobre esta espécie de escrita. Os inúmeros romances que continuamente se apresentam ao nosso conhecimento, em substância, estilo e tamanho são tão parecidos, que depois de ler as três primeiras páginas, podemos com muito pouca dificuldade não só saber como eles terminarão, mas também dar uma palpite perspicaz sobre os vários incidentes que irão ocorrer, as dificuldades e perigos que devem se acumular, com todos os vexames, constrangimentos, etc. & c. que são tão altamente necessárias para compor um romance da moda.
Não somos inimigos de romances ou escritores novos, mas lamentamos que na multiplicidade deles existam tão poucos dignos de qualquer elogio particular. Um romance gentil e bem escrito é tão agradável quanto uma comédia elegante, da qual tanto diversão quanto instrução podem ser derivadas. 
Ao menos gostaram muito de 'uma dama', maga Jane Austen pq continua assim...
'"Sense and Sensibility" é um entre os poucos que podem reivindicar este elogio justo.'
Isso é só um trecho, a resenha tem 4 páginas.
E, se o escândalo de copy&paste de fevereiro de 2019 (207 anos depois dessa resenha) deixou de food for thought foi como falamos e gostamos de ler la même chose. Foram, sei lá, 10 livros/histórias de amor compostos de trechos de outros livros/histórias de amor que apesar de virem de 40+ fontes diferentes, faziam sentido quando unidas. Bicho, é de pirar esse copy&paste. Gosto de falar nisso, não...

2- Mulheres à beira de um ataque de nervos
Na verdade, foi a primeira coisa que vi. O narigudo identificou que havia 6,5 vezes mais esposas negligenciadas mal amadas que maridos desprezados, quase o dobro de esposas enganadas a mais que maridos passados para trás. Justo hoje, DIA INTERNACIONAL DA MULHER, é duro ver isso. 
Daí vem a piração de Moira: público majoritário de romances (novels) é feminino > assunto mais popular é o sofrimento feminino > mulheres gostam de ler o sofrimento dazamigas para:
a- fazer catarse
b- se vingar
c- alimentar a esperança de que seu sofrimento tem fim
Image result for housewife
essa série me pirou o cabeção...
pic de telegraph
Me deixa desconfortável expor isso, mas analise e tire suas conclusões.
(quote do twitter)

3- Homens que não aceitam um 'não' como resposta
Em 6.766 pedidos de casamento deve ter havido algum número de 'sim's e choros e beijos, correto. Então como explicar 9.543 insistências? Alguns desses guapos devem ter pedido a lady em casamento várias vezes. Migo, não é não!
radar da noticia
E os românticos 855 casamentos escondidos - elopment - que eu traduzi como 'escondido'-, mas na verdade é o conjunto de atos: fugir+casar sem consentimento+longe de casa.
Ain, que lindeza isso... imagina Lydia Bennet fugindo com Wickham em Orgulho e Preconceito?...
Eita, que roubada! Ele era um encostão jogador bebedor que devia a Deus-e-o-mundo, ela era uma LOKA...
E quanto ao famoso Caso do Sequestro de Shrigley?  A herdeira Ellen Turner tinha só 15 anos .
A também herdeira Augusta Nicholson tinha só 14 quando fugiu com o artista, mas ali é dito que havia amor.
Mas temos muitos casos na literatura de sequestro de noivas, como a Camilla de Frances Burney, isso nunca é legal. Não acho. Huh-huh. 

4- No final, o bem vence o mal
É o que todo mundo espera de um romance, né? SIM!!!
Outro dia me mostraram um video de Annabel, uma autora de romances suuuper hot que falava - bem irritada - do porque todos os heróis de romance novels serem bem dotados. Na hora achei exagerada, depois dei razão. Realidade a gente tem todo dia, quando a gente abre um livro, nem que seja nesse detalhezinho (hahaha) queremos ver o arco-iris no final do túnel. Então, é bom o heroi ser bem dotado, saber usar as joias da família, ser rico e generoso e as maldades (dele ou do vilão/vilã) serem vingadas!
CAME A LOT or CAMELOT?

5- Quais eram esses livros, afinal de contas?
A Wiki, viva ela!, conta de alguns. O retorno de Sherlock Holmes, A casa da alegria, A invasão do mar, Farol do cabo do mundo, Kipps a história de uma alma simples, Major Barbara, Onde anjos temem ir e outros tantos.
Como está sua lista de leitura? TBR vazia?
Topa incluir esses tantos para conferir o trabalho do homem narigudo?


E quanto a hoje, nosso dia, dia da mulher?
Vamos de promoção, porque livros são para ser lidos!
\/ link direto para compra \/
e me avisa qual deles você quer!
promo até dia 16.03.19
bjs

nota: pesquisei aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui e aqui.
google-site-verification: googlef278b9e7e9053a1d.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário