Gatas & Ciladas

Miau, miau!
Um divertido livro interativo

Recheado de desventuras e façanhas do Destino na pele de dengosas e charmosas gatinhas Persas. Três histórias independentes, mas, como a vida, se entrelaçam, e têm o seu ponto alto nos donos dos humanos, os Gatos.

Casal 1: Ele era charmoso e se apaixonou por ela à primeira vista. Ela nunca acreditou que ele pudesse ser tão perfeito. Aff… e não era mesmo. Ele tinha uma gata, e ela era alérgica a gatos.

Casal 2: Linda e bem resolvida profissionalmente, ela o conheceu enquanto organizava um evento. Ele era bem mais velho do que ela e seu primeiro pensamento ao vê-la foi que, diferente do idiota do ex dela, ele jamais esnobaria qualquer mensagem que ela enviasse.

Casal 3: Ela era aspirante a atriz e adorava correr para espairecer a mente. Numa dessas corridas, ela topou com duas gatinhas. Ao levá-las ao veterinário mais próximo, ela não imaginou que além de cuidar das gatas, ele se ofereceria para cuidar do coração… dela!


O leitor tem a liberdade de escolher seu casal favorito descobrindo como esses gatos tecem, costuram e entrelaçam novas possibilidades e finais felizes para as ciladas que o destino apresenta.


Pessoas apaixonantes apaixonadas, gatinhas brincalhonas, o fio vermelho da vida;
muito amor, três casais, três romances misturados.

E as gatinhas nisso?
Nem te conto!

Uma princesinha branquinha, uma bebê cor de neve e uma tigresa carinhosa,
todas de pelo longo, carinha redonda, focinho curto.

São Persa, fofudas e engraçadinhas que unem e guiam três estórias de amor.
Seus humanos têm seus medos e grilos no amor, evitam se machucar e precisam lutar contra fantasmas de relacionamentos passados; cada casal de uma maneira diferente.


Três casais, três histórias de amor

Encantadoras pessoas sem nome (mas apelidos ótimos...) com personalidades apaixonantes esperando que o sexto sentido felino do leitor qs batizem de acordo como lidam com os desmandos do destino.

Três estórias separadas e ao mesmo tempo misturadas
ligadas pelos enigmas da vida urbana moderna.


Ajudando e ocasionalmente atrapalhando estas pessoas sem nome estão três gatas Persa, princesinhas peludas entrelaçando o fio da vida, dando nós e até partindo ao meio.

Olha que playlist ótima...



para já ir entrando no clima.



Um dia eu sonhei com uma cena inteira. Era uma festa em um sítio, um churrasco de aniversário; festa grande com banda e buffet, muita gente. No meio uma mulher bonita encontrava um ex-namorado e sentia a dor do relacionamento mal resolvido. Apesar de ainda se amarem, era claro que eles não conseguiam ficar juntos, não dava liga...
Tentei chamá-los de Darcy e Lizzy, Joana e Marcelo, mas não colou. Eles não queriam receber nomes. Assim ficaram: sem nome.

Dessa cena, nasceu o primeiro romance. 
Nele, uma personagem secundária pediu para se explicar e logo nasceu o segundo.
O terceiro foi natural... Você vai entender quando ler.

Unindo-os, as gatinhas brincam com o 'fio da vida', a lenda Chinesa tão interessante que diz mais ou menos assim: 
pinterest
Cada pessoa tem um fio vermelho amarrado no dedo mindinho ligando-a a quem ela está predestinada a encontrar na vida quer seja para amar ou para ajudar. 
Não importa quando, como ou aonde: você vai encontrar a pessoa que está amarrado na outra ponta do seu fio.

Adoro essa lenda. Ou mito.
Escrever esse livro mexeu tanto comigo que convenci hubs e filho de adotar um gato! Almirante H Nelson.
aqui conto um pouco da minha VIDA DE GATA, COM CILADAS

Esse livrinho fofo é minha versão dela.
E os Persas?...
Bem... Tem coisa mais fofa?

Resultado de imagem para persian kittens
Tigresse, Stella, Bureau... Princesas!

Curiosidade aguçada?
Vem ler!

é uma graça de livro!

ou me ver falando do livro em duas lives!



ou xeretar as receitas que os personagens cozinham e comem?
ou ainda conhecer gatinhas famosas?


ou compre em papel, direto na Bezz

bj 

OPINIÕES? yes, nós temos!




Através das desventuras e façanhas do destino em forma de gatinhas Persa extremamente fofas, conhecemos três histórias independentes, mas que acabam se entrelaçando de maneira espetacular ao final, graças à presença destes bichanos adoráveis. • "Gatos são o 'destino' incorporado: fazem o que querem bem na sua cara." • Este não é o primeiro contato que eu tive com a escrita da Moira, mas desta vez me senti desconfortável com o ritmo da leitura; achei-o comprometido na primeira história, mas sinto que as duas últimas foram mais bem desenvolvidas e seus argumentos, mais convincentes, além de haver maior participação dos felinos, o contrário do que aconteceu com a primeira história, cuja participação de Bureau foi um pouco superficial. • Outra situação que não me agradou muito foi a questão de que a autora não definiu nomes para os personagens, e isso acabou gerando uma repetição desnecessária de pronomes, porém, ao mesmo tempo, ela propõe uma interatividade que dá muito mais autonomia para a imaginação do leitor. • Apesar das ressalvas acima citadas, devo me redimir reconhecendo a excelência do desfecho dado pela autora, pois ela conseguiu entrelaçar tão bem as histórias, imaginando um futuro repleto de novas possibilidades e finais felizes para as ciladas do destino. Muita coisa pareceu fazer sentido ao finalizar as últimas páginas do enredo e consegui me surpreender de uma maneira que jamais achei que seria capaz. @moirabianchiauthor tenho que tirar o chapéu, arrasou! • Outro ponto positivo é o fato de as histórias serem independentes entre si, apesar de terem uma forte conexão ao final, o que permite ao leitor começar pela primeira, segunda ou terceira. • “Gatas & Ciladas” é o tipo ideal de leitura para aquecer o coração em um final de semana chuvoso e/ou também para aqueles que desejam sair de uma ressaca literária. • Aliando o bom-humor às voltas que a vida dá, essas três histórias de amor, que têm como coadjuvantes três felinas cativantes que tecem, costuram e entrelaçam novos caminhos para as ciladas do destino, vão preencher e confortar o coração de qualquer leitor. • Classificação: 4⭐️ #quคrтค
Uma publicação compartilhada por Milena Nones (@albumdeleitura) em

'É a primeira vez que leio algo assim e confesso que gostei demais. A narrativa é a parte mais bacana da história, pois é impossível não se sentir dentro.' aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário